Pólo Jacarepaguá / Barra

Sobre o Curso:

A Engenharia Elétrica – habilitação eletrônica é uma das áreas das ciências exatas e tecnológicas que se dedica a estudar, desenvolver e implementar circuitos e sistemas elétricos, eletrônicos analógicos e digitais, assim como seus respectivos dispositivos e materiais. Com ênfase em automação e controle industrial, microeletrônica, comunicações, processamento de sinais analógicos e digitais, medidas, instrumentação eletroeletrônica e robótica, o programa curricular capacita profissionais para trabalhar em empresas de alta tecnologia governamentais ou públicas e indústrias em geral.


Autorização:Resolução do CEPE- 93/2014

[1] O Centro Universitário UNINTER possui autonomia conferida pelo MEC para criar novos cursos. O reconhecimento acontece após um longo período de análise. Confira o andamento do processo em emec.gov.br.


Perfil do aluno:

Habilidades e competências desse futuro profissional: • Dominar conhecimentos em Matemática, Física e Computação, para aplicá-los na solução de problemas em engenharia; • Desenvolver sistemas eletroeletrônicos; • Avaliar a viabilidade econômica, bem como o impacto social e ambiental de projetos na área de engenharia; • Identificar, modelar e resolver problemas em engenharia, em especial, dentro de sua área específica de atuação; • Ter visão global dos processos com capacidade de projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados; • Expressar-se escrita e oralmente com clareza e precisão; • Assumir a postura de permanente busca de atualização profissional; • Ter capacidade de atuar em equipes multidisciplinares, com espírito de cooperação, cordialidade e liderança; • Preservar, difundir e desenvolver valores éticos ao futuro engenheiro.


Mercado de Trabalho:

Com os avanços tecnológicos obtidos nos últimos anos, o mercado de trabalho cada vez está aberto para profissionais de Engenharia Elétrica. Devido ao processo de terceirização de empresas, um fenômeno que não se restringe ao Brasil, tem sido observada uma procura cada vez maior das empresas, indústrias e instituições de ensino por profissionais proativos qualificados, que tenham boas ideias e desenvolvam novidades para o mercado. O profissional pode trabalhar em empresas no ramo eletroeletrônico, inclusive de alta tecnologia, instituições de ensino e pesquisa, grandes indústrias, escritórios de prestação de serviços e consultoria, bancos, órgãos governamentais ou até mesmo, montar a sua própria empresa.


Para obter mais informações sobre este curso, clique aqui!